Jennifer encontró las lentillas perfectas para su condición

JOANA ENCONTROU AS LENTES PERFEITAS PARA A SUA CONDIÇÃO


Joana – 36

Joana é professora de microbiologia e trabalha no museu dos micróbios de um zoológico, onde ensina e se dedica à investigação científica. Nas horas vagas, é cantora e intérprete musical e passa muito tempo ao ar livre para desfrutar do seu outro passatempo, a fotografia.

A motivação para usar lentes de contacto

Joana tinha cerca de dezanove anos. No seu tipo de trabalho, passa muito tempo a caminhar ao ar livre e precisa de ver com nitidez. Os óculos nem sempre são úteis neste contexto. Usar lentes de contacto parecia uma solução lógica. E funcionaram muito bem durante muito tempo.

Um dia chegaram os problemas

Os seus olhos provocavam cada vez mais desconforto e sofria de secura ocular com frequência. A princípio, pensou que era inevitável, mas depois decidiu realizar consulta com o seu profissional da visão

‘Os seus olhos adaptaram-se ao uso de lentes de contacto e isso facilitou muito o seu trabalho e a sua vida’

Os óculos não eram uma solução para o caso de Joana

No seu trabalho, os óculos não são práticos. Passa muito tempo no laboratório, onde as condições devem ser o mais higiénicas possível. Além disso, ao olhar pelo microscópio, os óculos são uma camada adicional que não é muito útil.

Encontrou a solução para seus problemas numa ótica

Joana foi a uma ótica e tentou várias possibilidades. No final, o profissional da visão recomendou o uso de lentes de contacto. Demorou algum tempo a adaptar-se, mas os seus olhos habituaram-se e agora usa-as sempre no trabalho.

Jennifer encontró las lentillas perfectas para su condición

Se tem problemas como a Joana

Procure o seu profissional da visão e tente todas as opções, porque existem muitas possibilidades. Às vezes, a solução pode até ser bastante simples. Um profissional da visão conhece todas as opções e pode ajudá-lo a encontrar uma solução.

Satisfeita novamente

Há um ano e meio atrás que a Joana usa as suas novas lentes de contacto e está muito satisfeita. Utiliza lentes de contacto em algumas atividades do seu dia-a-dia, sem sentir que as está a usar. Continua a utilizar os seus óculos e as lentes de contacto tornaram a sua vida e o seu trabalho muito mais fáceis.

Mais histórias